Vamos analisar a sua segurança

TRAVÕES

Ninguém gostaria de se encontrar numa situação perigosa em que os travões não funcionam. Não estamos num filme para andar a saltar de um automóvel em movimento ou a derrapar enquanto contornamos obstáculos até o veículo perder potência e sairmos da situação como se nada tivesse acontecido. Brincadeiras à parte, temos de esclarecer que os travões são um fator fundamental para a nossa segurança ao volante.

 O sistema de travagem é constituído pelas pastilhas de travão, discos, líquido dos travões no circuito e pelos tubos dos travões. O seu estado depende muito da forma como conduzimos: irá desgastar-se mais depressa se travarmos repentinamente do que se conduzirmos de forma suave e relaxada.

QUANDO DEVO VERIFICAR AS PASTILHAS DE TRAVÃO E OS TRAVÕES?

Caso se aperceba de um comportamento anormal: o volante vibra quando trava ou o pedal do travão está mais rígido ou mais solto ao carregar do que o normal, dirija-se à sua oficina First Stop. Além disso, caso os travões não respondam imediatamente ou seja necessária uma maior distância de travagem para parar completamente o automóvel.

Se as luzes de aviso dos travões ou do ABS acenderem no painel de instrumentos, verifique qual o significado desses sinais no manual do veículo.  Se tiver dúvidas, dirija-se à sua oficina First Stop.

E, regra geral, uma vez por ano ou a cada 10 000 quilómetros, visto que os discos, tambores, pinças e pastilhas de travão estão sujeitos a um desgaste contínuo. O nível do líquido também deve ser verificado, assim como a existência de fugas no circuito.

PORQUÊ INSPECIONAR OS TRAVÕES DO AUTOMÓVEL?

  • Trata-se de um elemento fundamental para a segurança do veículo
  • Os componentes estão sujeitos a um desgaste contínuo
  • Para garantir uma travagem eficiente
  • Para garantir que pode conduzir de forma segura e confortável

Perguntas frequentes

QUANDO DEVO SUBSTITUIR O LÍQUIDO DOS TRAVÕES?

O líquido dos travões deve ser substituído sempre que as pastilhas de travão são mudadas, sempre que os discos e pastilhas de travão são mudados, a cada 2 anos ou quando o ponto de ebulição do líquido dos travões se encontrar abaixo de 165 ºC (DOT 4)

POSSO ADICIONAR LÍQUIDO DOS TRAVÕES?

Nunca deve adicionar líquido dos travões, uma vez que as respetivas propriedades são reduzidas em caso de mistura de líquido novo com o antigo. Muitos veículos também medem o desgaste nos discos ou nas pastilhas pelo nível do líquido dos travões e, se o tiver adicionado, o veículo não irá comunicar esse desgaste.